Podcast: Primeira corrida de rua em formato híbrido neste final de semana
Neste final de semana, sábado e domingo, 30 e 31 de janeiro, a cidade de Curitiba recebe a etapa de Outono do Circuito das Estações, o maior circuito de corridas de rua do Brasil. Trazendo o inovador conceito de Reverse VR, a Sportion realizará nos dias 30 e 31 de janeiro com a possibilidade dos […]

Neste final de semana, sábado e domingo, 30 e 31 de janeiro, a cidade de Curitiba recebe a etapa de Outono do Circuito das Estações, o maior circuito de corridas de rua do Brasil. Trazendo o inovador conceito de Reverse VR, a Sportion realizará nos dias 30 e 31 de janeiro com a possibilidade dos atletas concluírem o percurso em até sete horas. O objetivo da organização é fomentar a atividade física e a retomada dos eventos, mas evitando a aglomeração de pessoas com um formato totalmente planejado devido ao momento de pandemia.

Ao invés de todos os atletas largarem juntos como em uma corrida tradicional, cada corredor inicia o trajeto de onde achar melhor. Pode ser de casa, do parque ou onde quiser. O objetivo é que os atletas larguem e passem pela Arena Pit Stop, localizada no Shopping Muller Curitiba, peguem a medalha e voltem para o ponto de largada. A distância também fica a critério de cada um e depois é só subir o tempo no site.

“A pandemia nos forçou a ser criativos, mas sem esquecer do principal que é a segurança dos atletas e pessoas envolvidas no evento. Sendo assim, decidimos adaptar essa etapa do Circuito das Estações misturando real e virtual. Apesar de não ter o formato original de uma corrida de rua a ideia do Reverse VR foi uma alternativa que encontramos para levar os corredores de volta as ruas, com o sentimento de uma prova real, mas evitando aglomerações”, explica Marcos Pinheiro, diretor da Sportion, empresa organizadora do evento.

Ao passar pela Arena Pit Stop o atleta encontrará uma estrutura similar as de provas. Neste ponto acontece a entrega de medalhas, hidratação e fotos, tudo seguindo os protocolos de saúde e higienização. A Arena Pit Stop foi planejada para evitar aglomerações. Na etapa de Curitiba ficará aberta das 7h às 10h de sábado (30) e das 8h às 12h de domingo (31), para evitar o acúmulo de pessoas. Além disso, todo o staff do evento estará equipado com materiais de proteção e no local haverá estrutura de higiene, como totens com álcool gel. As medalhas serão distribuídas em embalagens individuais e higienizadas.

A etapa Outono Reverse do Circuito das Estações foi realizada em oito cidades do Brasil no final de 2020 e chega a Curitiba nos dias 30 e 31 de janeiro. Salvador, Fortaleza, Recife, Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Aracaju já receberem a prova.

Entrega de kits e inscrições:

Além da realização da prova ocorrer em formato inovador, a entrega de kits também foi totalmente adaptada para que os atletas possam sentir aquele clima pré-evento sem correr riscos. A organização reservou uma semana inteira para que os atletas possam retirar seus kits, entre os dias 25 e 30 de janeiro, das 10h30 às 21h30m, no piso superior do Shopping Muller. O formato de entrega também será diferente, com agendamento prévio por parte dos atletas.

O kit conta com camiseta, sacola, medalha e garrafa térmica e as inscrições podem ser feitas no site.

A etapa outono do Circuito das Estações em Curitiba conta com o patrocínio do Shopping Muller e realização da Sportion. O evento tem apoio da Fotop, Jasmin, Phosfato, Unimed Curitiba e Vivo. A Ativo é a ticketeria oficial da etapa. Ouça o podcast:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *